Programa Corredor Azul participa de roda de conversa sobre bem-viver das populações indígenas

21/09/2019

Reinaldo Lourival, diretor da Nature and Culture International (NCI), durante sua fala | Foto: acervo PCA-Pantanal
Reinaldo Lourival, diretor da Nature and Culture International (NCI), durante sua fala | Foto: acervo PCA-Pantanal

No dia 16 de setembro de 2019, estiveram reunidos em Campo Grande (MS), lideranças indígenas de Mato Grosso do Sul, da etnia Kadiwéu e de Roraima, das etnias Macuxi e Wapichana, além dos coordenadores do Programa Corredor Azul (PCA), da Wetlands International, e do Projeto Bem-Viver, da Nature and Culture International (NCI). A roda de conversa teve o apoio da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), sendo realizada no anfiteatro do Museu das Culturas Dom Bosco.

Com a proposta de consolidar parcerias e integrar as comunidades para diversas realidades vividas, o diálogo contou com as apresentações do Conselho Indígena de Roraima (CIR), que tratou sobre a experiência comunitária e da busca de projetos integradores para a pecuária; da comunidade Kadiwéu, que abordou o Plano de Vida do Território Indígena, mostrando a necessidade do planejamento e de parcerias para o fortalecimento do território; e do NCI, onde Reinaldo Lourival falou do Projeto Bem-Viver e como vem atuando nos aportes aos PGTAs das Terras indígenas em Roraima, bem como a iniciativa do intercambio entre comunidades.

Também estiveram presentes representantes de outras entidades, como o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) e a Diocese de Roraima. Padre Gioggio, um dos idealizadores do projeto "Uma Vaca para o Índio" - que está completando 40 anos, discorreu sobre o projeto, desafios e oportunidades que colaboraram para o fortalecimento das comunidades indígenas de Roraima, incentivando o trabalho com gado na região.

Os visitantes ainda participaram do VIII Seminário Povos Indígenas e Sustentabilidade - Produção do Conhecimento e Interculturalidade que aconteceu na UCDB entre os dias 16, 17 e 18.